Porquê eu sou como eu sou? O Mapa da Consciência

Você já parou para pensar no porquê de sua personalidade expressar determinadas maneiras de ser bem marcantes ou certas tendências, tanto fortes quanto carentes? Já parou para perceber que há um jeito de ser único, que determina a ligação com certos interesses, dificuldades e características que estão sempre presentes em você?

Segundo a Numerologia Tântrica e o Kundalini Yoga, conforme ensinado pelo mestre Tântrico Yogui Bhajan, existem 11 áreas da consciência pelas quais a Alma se expressa, e pela sua data de nascimento é possível conhecer quais dessas áreas formam a sua forma de expressar nessa vida.

A Numerologia tântrica mostra através dos dados da data de nascimento da pessoas 5 posições e as partir deste estudo pode se tornar muito clara a compreensão da personalidade, e mais importante, ter ferramentas práticas do Kundalini Yoga para atuar nessas áreas. 

Tratamento e Cura a partir da Numerologia Tântrica

O princípio de equilíbrio ou tratamento dessas áreas é muito simples, essas áreas são como "corpos", no sentido de que são em algum nível materiais, mesmo que sutis e cada área tem uma funcionalidade, uma tarefa a executar, que pode estar funcionando bem ou não. Quando através de uma prática tântrica (que afeta o campo sutil, energético) como o Kundalini Yoga a área recebe prana, energia vital e através do auto conhecimento e auto observação (trabalho contínuo no presente) o praticante se dispõe a romper os padrões repetitivos, a função que deveria ocorrer da área ou corpo em questão, pode voltar a fluir e expressar aquilo que essa área naturalmente expressa!



Quais são as 5 áreas que são observadas na sessão Numerológica?

Posição Alma - Relação consigo mesmo, quando esta área está equilibrada sente-se bem consigo mesmo, uma coerência dentro de si mesmo, sente que se É verdadeiro. Sabe como seguir na vida baseado em quem realmente é.

Posição Karma - Forma de agir exteriormente, quando esta área está equilibrada se expressa com exit na área de trabalho, relacionamentos, forma de agir exteriormente é coerente com quem se é.

Posição Dom - Algo que vem muito forte, muito facilmente se sabe, se entende, dá suporte em horas difíceis. Quando tudo mais se vai, ainda tem aquilo como uma esperança, uma sustentação. A pessoa pode não achar que merece usar seu dom.

Posição Destino - Algo que está sempre presente no jeito de ser, ajuda a harmonizar Alma e Karma. Geralmente as pessoas veem você pelas qualidades dessa área.

Posição Missão - Esta área quando em equilíbrio trás a sensação de que "realizo o que vim fazer aqui". A realização dessa área é sentido como uma profunda realização para a Alma. Antes de se realizar é sentido como um grande potencial que parece incompleto, como se não se torna-se quem se é. 

Conhecer essa área pode ajudar a entender o que realmente veio desenvolver, entender o propósito da sua Alma e o que possivelmente foi colocado como objetivo somente pelo Ego e por isso, não trás satisfação e frutos de forma verdadeira.

Quais são as 11 áreas?

O entendimento dessas áreas pode se aprofundar muito, iremos fazer uma breve abordagem:

Alma 1

Aqui o ser sente todo o impulso para qualquer coisa, o impulso que é sentido como segurança e se expressar como autenticidade, algo que vem realmente de você, nasceu em você. Quando em desequilíbrio é sentido como uma insegurança, justamente por não sentir algo que vem realmente de você.

Mente Protetora 2

Aqui o ser sente necessidade de discriminar, ver os perigos e aprende a lidar com esse aspecto da consciência que fornece a função da proteção. Quando em desequilíbrio é sentido como uma sensação de enorme impotência diante do negativo, o negativo pode parecer muito maior do que realmente é. 

Mente Positiva 3

Aqui o ser aprende a ver a luz nas situações, e com isso, as possibilidades, o positivo em cada situação. Quando em desequilíbrio é sentido como uma dificuldade de ver a luz, o positivo, o ser fica preso no negativo. A pessoa não vê a luz nela mesma, o mundo pode se tornar uma forma de comprovar seu valor, já que ela não vê o próprio valor intrínseco nela mesma.

Mente Neutra 4

Aqui o ser aprende a equanimidade, se posicionar de forma livre dos interesses pessoais, dá o poder da decisão conforme o coração. Quando em desequilíbrio a pessoa tem muita dúvida, não consegue agir de forma impessoal mas também não quer ser parcial e fica presa neste embate.

Corpo físico 5

Aqui o ser aprende a desenvolver o corpo físico e se expressar através dele, se organizar na vida material e encontrar o equilíbrio em todas as facetas da vida. Quando em desequilíbrio a pessoa sente uma tremenda dificuldade de se organizar na vida prática, em ter disciplina. Pode se sentir uma impaciência, e nunca consegue fazer o que realmente tem que fazer. Sensação de não ter domínio do corpo e da vida.

Arco de Luz 6 

Aqui o ser aprende a silenciar e ouvir sua intuição. Nesse silencio vê as ilusões mentais com clareza, aprende a ouvir e falar a partir da sua intuição. Quando em desequilíbrio a pessoa pode ter uma atividade mental muito ativa e evitar o silêncio, sentir um medo do conflito mental e do desconhecido silêncio no qual o pensamento terá que ser solto, junto com o controle mental. 

Aura 7

Aqui a pessoa desenvolve seu campo eletromagnético, ou cria personagens, como alguém que troca de roupa. Pode ser uma área pura que reflete sua pureza, sem intenção de tentar ser nada que não se é, ou cria na sua forma personagens previamente criados para lidar com as situações. Quando em desequilíbrio é sentido como uma vulnerabilidade a energia de ambientes e pessoas que resulta em um julgamento. Este julgamento ajuda a pessoa a justificar seu próprio desconforto, que ela sente em estar vulnerável.  

Corpo prânico 8

Aqui a pessoa desenvolve o corpo de energia, abastecimento prânico de todas as áreas. Quando em desequilíbrio é sentido como indisposição, desanimo, incapacidade de concretizar planos, necessidade de estimulantes, sensação de medo por não sentir seu poder.

Corpo Sutil 9

Onde o Ser desenvolve domínio das situações e calma. Percebe que a calma e presença é que realmente trará o domínio que ele tanto quer. Quando em desequilíbrio é sentido como uma ansiedade, intolerância com erros, perfeccionismo, necessidade de que seja "para ontem", quando na verdade, ele mesmo é que não consegue encontrar a calma.

Corpo Radiante 10

Onde o Ser desenvolve uma radiância e coragem, expressões naturais da autenticidade da Alma em cada ação. Quando em desequilíbrio trás uma oscilação entre tudo e nada, ou vai com tudo ou sente que não tem capacidade e vontade para nada, não consegue se comprometer. Isso porquê o agir a partir da Alma oscila.

Totalidade 11

Onde o Ser experiencia a Totalidade da consciência, é sentido como um domínio das áreas da consciência e experiência profunda da vida como um todo. A vida é sentida pela sua dimensão sagrada em total conexão com a experiência diária. Quando em desequilíbrio pode haver uma busca por algo perfeito (que pode se projetar para a vida externa), sem entender que tipo de experiência realmente se anseia. Busca o sagrado em tudo e sentir esse sagrado em cada respiração.


Texto por 
Prab Saache Kaur
Terapeuta, professora de Kundalini Yoga e sound healer
fundadora do Viver em Yoga



POSTS MAIS RECENTES EM NOSSO BLOG

Seja o primeiro a ler as novidades!

Quero mudar!De repente vem uma vontade de mudar enquanto até então, estávamos deixando tudo parado... será que vai dar certo?Nesta vontade então criamos muitas vezes planos malucos, dietas malucas, objetivos colossais, uma espécie de compensação pela estagnação que se perpetuou durante muito tempo e, geralmente, esta estratégia não funciona não é?...

Você já reparou que quando algo te magoa, ou vem uma tristeza profunda por algum motivo, sente-se um aperto no centro do peito? Sentimentos ligados a tristeza, mágoa, términos de relacionamentos estão ligado ao chacra cardíaco, ou chacra do coração, uma bombinha de energia que alimenta a função da consciência que sentimos como amor e como...

Você já parou para pensar no porquê de sua personalidade expressar determinadas maneiras de ser bem marcantes ou certas tendências, tanto fortes quanto carentes? Já parou para perceber que há um jeito de ser único, que determina a ligação com certos interesses, dificuldades e características que estão sempre presentes em você?